Identidade, afetividade e as mudanças relacionais na modernidade líquida na Teoria de Zygmunt Bauman

Paolo Cugini

Resumo


O artigo visa analisar a teoria sociológica de Zygmunt Bauman, sobretudo no que concerne á mudança nos relacionamentos afetivos que a pós- modernidade líquida está proporcionando. Depois de ter apresentado o novo quadro cultural que Bauman define como “modernidade líquida” , o artigo entra no cerne da questão , analisando a nova ideia de identidade que a cultura pós- moderna propõe , parando a atenção em algumas figuras típicas , o turista e o vagabundo. O artigo termina , apresentando um rápido esboço das ideias sobre religião na modernidade líquida que Bauman oferece nas suas ideias últimas obras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos Possíveis. ISSN impresso 1677-7603
ISSN eletrônico 2447-9047