A liberdade como princípio da democracia: um olhar filosófico

Vinicius dos Santos

Resumo


A proposta do artigo é alinhavar alguns elementos que ajudem a adensar uma compreensão filosófica contemporânea da democracia como um regime fundamentado na liberdade. Trata-se para isso de investigar, primeiramente, o sentido dessa liberdade – que será revelado, a partir da análise das contribuições de Aristóteles e Maquiavel, como participação no poder político. Na sequência, será preciso verificar em que medida essa liberdade, ou seja, a própria democracia, tem condições de se efetivar atualmente, no momento em que, como observa Marx, o domínio do capital parece sufocar todos os domínios da vida, de modo crescente e inédito, no estreito horizonte do mercado.
Palavras-chave: alienação; democracia; liberdade; participação; poder.


ABSTRACT: The purpose of this article is to outline some elements that help to reinforce a philosophical understanding of democracy as a system based on freedom. In order to achieve this goal, the first step is to investigate the meaning of that freedom, which is revealed, from the analysis of the contribution of Aristotle and Machiavelli, as participation in the political power. Next, it is necessary to verify to what point this freedom, that is, democracy is able to be accomplished nowadays, when, as Marx points out, the powerful hegemony of the capital seems to suppress, in an increasing and unprecedented way, every domain of life on the narrow horizon of the market.
Key-words: alienation; democracy; freedom; participation; power.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos Possíveis. ISSN impresso 1677-7603
ISSN eletrônico 2447-9047