Família e reforma psiquiátrica no contexto de um centro de atenção psicossocial: visadas à luz da crítica fenomenológica de Foucault

José E. X. Menezes, Moacir Lira de Oliveira

Resumo


O presente estudo situa-se no campo das relações entre família e serviços substitutivos em saúde mental. Indaga acerca das responsabilidades de cuidado com o portador de transtorno psíquico no contexto da Reforma Psiquiátrica Brasileira, tendo como foco o ´olhar sincrônico´ profissionais de saúde e da família sobre o usuário do CAPS. Perspectiva o sofrimento psíquico do usuário do CAPS a partir do olhar crítico-fenomenológico de Foucault.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos Possíveis. ISSN impresso 1677-7603
ISSN eletrônico 2447-9047